Pará 2014: sai primeira sondagem eleitoral

em por Edir Veiga 20 de outubro, 2013 - 17h10

 

Algumas observações precisam ser feitas:

1- Intenção de voto espontânea, neste momento, reflete mais a notoriedade das  personalidades políticas.

2-As sondagens refletem o retrato das intenções de votos do momento da coleta dos dados.

3-Partidos, entidades ou políticos poderão ter acesso ao relatório detalhado. É só ligar para 8702-9798  ou 81181824 -  ou 84081405 (vivo).

Enquete de intenção de voto para eleições de 2014 - Pará*

IVEIGA: Consultoria e Pesquisa

Período de coleta: 14 a 20 de outubro de 2013

Amostra: 400 entrevistas

Margem de erro: Margem de erro de 5% e Intervalo de confiança de 95%

Metodologia: Interceptor Aleatório

Locais: 6 mesorregiões do Estado do Pará ( Baixo Amazônia, Marajó, Metropolitana, Nordeste Paraense, Sudeste Paraense, Sudoeste Paraense)

 

1. Em quem você votaria nas eleições de 2014 para Governador do Pará (Espontâneo)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Jatene

109

27.3%

27.3%

27.3%

Jader Barbalho

95

23.8%

23.8%

51.0%

Helder Barbalho

19

4.8%

4.8%

55.8%

Edimilson

17

4.3%

4.3%

60.0%

Marinor Brito

11

2.8%

2.8%

62.8%

Jefferson Lima

19

4.8%

4.8%

67.5%

Araceli

3

0.8%

0.8%

68.3%

Ana Julia

9

2.3%

2.3%

70.5%

Hildegardo Nunes

1

0.3%

0.3%

70.8%

Não Sabe/Não Opinou

117

29.3%

29.3%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de  levantamento de opiniões.

 

 

2. Em quem você votaria nas eleições de 2014 para Governador do Pará (Estimulada 1)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Jatene

125

31.3%

31.3%

31.3%

Helder Barbalho

142

35.5%

35.5%

66.8%

Duciomar Costa

5

1.3%

1.3%

68.0%

Jefferson Lima

42

10.5%

10.5%

78.5%

Branco/Nulo

21

5.3%

5.3%

83.8%

Não Sabe/Não Opinou

65

16.3%

16.3%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de  levantamento de opiniões.

 

3. Em quem você votaria nas eleições de 2014 para Governador do Pará (Estimulada 2)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Jatene

121

30.3%

30.3%

30.3%

Jader Barbalho

150

37.5%

37.5%

67.8%

Araceli

2

0.5%

0.5%

68.3%

Duciomar Costa

7

1.8%

1.8%

70.0%

João Bernardes

1

0.3%

0.3%

70.3%

Jefferson Lima

46

11.5%

11.5%

81.8%

Branco/Nulo

18

4.5%

4.5%

86.3%

Não Sabe/Não Opinou

55

13.8%

13.8%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de  levantamento de opiniões.

 

 

4. Em caso de um segundo turno entre Jatene e Helder, em quem você votaria? (estimulada 1)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Jatene

152

38.0%

38.0%

38.0%

Helder Barbalho

168

42.0%

42.0%

80.0%

Branco/Nulo

52

13.0%

13.0%

93.0%

Não sabe/Não opinou

28

7.0%

7.0%

100.05

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

 

5. Em caso de um segundo turno entre Jatene e Jader, em quem você votaria? (estimulada 1)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Jatene

157

39.3%

39.3%

39.3%

Jader Barbalho

164

41.0%

41.0%

80.3%

Branco/Nulo

54

13.5%

13.5%

93.8%

Não sabe/Não opinou

25

6.3%

6.3%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

6. Em quem você votaria nas eleições de 2014 para Presidente do Brasil? (estimulado 1)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Dilma

143

35.8%

35.8%

35.8%

Aécio Neves

48

12.0%

12.0%

47.8%

Eduardo Campos

6

1.5%

1.5%

49.3%

Marina

155

38.8%

38.8%

88.0%

Outros

24

6.0%

6.0%

94.0%

Não Sabe/Não opinou

24

6.0%

6.0%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

 

7. Em quem você votaria nas eleições de 2014 para Presidente do Brasil? (estimulado 2)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Dilma

193

48.3%

48.3%

48.3%

Aécio Neves

96

24.0%

24.0%

72.3%

Eduardo Campos

8

2.0%

2.0%

74.3%

Outros

52

13.0%

13.0%

87.3%

Não Sabe/Não opinou

51

12.8%

12.8%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

 

8. Em 2014 teremos eleições par uma vaga no Senado Federal, em quem você votaria? (estimulado)

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Sidney Rosa

2

0.5%

0.5%

0.5%

Mário Couto

98

24.5%

24.5%

25.0%

Jefferson Lima

60

15.0%

15.0%

40.0%

Duciomar Costa

27

6.8%

6.8%

46.8%

Paulo Rocha

23

5.8%

5.8%

52.5%

Marinor Brito

60

15.0%

15.0%

67.5%

Outro

30

7.5%

7.5%

75.0%

Não Sabe/Não opinou

100

25.0%

25.0%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

9. Como você avalia o governador Jatene, até o momento?

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Ótimo/Bom

71

17.8%

17.8%

17.8%

Regular pra Bom

225

56.3%

56.3%

74.0%

Regular pra Ruim

73

18.3%

18.3%

92.3%

Ruim/Péssimo

28

7.0%

7.0%

99.3%

Não Sabe/Não opinou

3

0.8%

0.8%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

 

10. Como você avalia a presidenta Dilma, até o momento?

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Ótimo/Bom

114

28.5%

28.5%

28.5%

Regular pra Bom

203

50.8%

50.8%

79.3%

Regular pra Ruim

61

15.3%

15.3%

94.5%

Ruim/Péssimo

20

5.0%

5.0%

99.5%

Não Sabe/Não opinou

2

0.5%

0.5%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

11. Em sua opinião, qual o melhor Deputado do Pará?

 

Frequência

Percentual

Percentual

Percentual Acumulado

 

Edimilson

18

4.5%

4.5%

4.5%

Ana Cunha

4

1.0%

1.0%

5.5%

Augusto Pantoja

3

.8%

.8%

6.3%

Elcione

9

2.3%

2.3%

8.5%

Marinor Brito

14

3.5%

3.5%

12.0%

Beto Faro

2

.5%

.5%

12.5%

Martinho Carmona

11

2.8%

2.8%

15.3%

Haroldo Martins

2

.5%

.5%

15.8%

Paulo Queiroz

5

1.3%

1.3%

17.0%

Ganzer

4

1.0%

1.0%

18.0%

Josué Bengtson

7

1.8%

1.8%

19.8%

Cássio Andrade

3

.8%

.8%

20.5%

Wlad

8

2.0%

2.0%

22.5%

Mario Couto

7

1.8%

1.8%

24.3%

Duciomar

8

2.0%

2.0%

26.3%

Vandick

2

.5%

.5%

26.8%

Mario Miranda

6

1.5%

1.5%

28.3%

Jader

10

2.5%

2.5%

30.8%

Alfredo Costa

3

.8%

.8%

31.5%

Megale

2

.5%

.5%

32.0%

Zequinha

4

1.0%

1.0%

33.0%

Helder

5

1.3%

1.3%

34.3%

Jefferson Lima

2

.5%

.5%

34.8%

Nilson Pinto

2

.5%

.5%

35.3%

Eliel Faustino

1

.3%

.3%

35.5%

Antônio Rocha

1

.3%

.3%

35.8%

Não sabe/Não Opinou

257

64.3%

64.3%

100.0%

Total

400

100.0%

100.0%

 

Fonte: Instituto I Veiga. Enquete de intenção de voto, não se tratar de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de levantamento de opiniões.

 

* Art. 7° As enquetes ou sondagens não necessitam de registro na Justiça Eleitoral, porém sua divulgação deve trazer expresso o esclarecimento de não se tratar de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei n° 9.504/97, mas de meto levantamento de opiniões, sem controle de amostra, o qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo, apenas, da participação espontânea do interessado.

(26) O que você achou?

Orlando Reis (20 de outubro, 2013 - 18h29)

Nada me surpreende o desempenho ruim do Jatene. Mas ainda há tempo de fazer a máquina do governo funcionar ao seu favor e reverter essa situação. Caso contrário, corre sério risco do Helder acelerar e quem sabe vencer no primeiro turno.

Fernando Ponçadilha (21 de outubro, 2013 - 06h38)

Estranho que deputados com relevantes serviços prestados à cidadania e frequentemente nas lentes da grande mídia não constem dessas intenções se em outras pesquisas aparecem bem posicionados.

Moisés Ferreira Pinheiro (21 de outubro, 2013 - 06h56)

Na minha modesta opinião, apesar de ser muito cedo para termos um quadro mais cristalino da situação, pelo que se observa no cenário, o atual mandatário do Palácio dos despachos corre sério risco de ser despachado. Creio, preclaro Edir, que faltou nessa sondagem ser mensurada a rejeição dos atuais governantes; não sejamos ingênuos, os candidatos deverão ser mesmo Jatene e Helder, posto que o embate já começou!!! E, pode ocorrer algo inédito aqui no Pará, no caso de polarização: a eleição ser decidida no 1º turno!!! Haja trabalho para os marqueteiros!

Rafael Coimbra (21 de outubro, 2013 - 08h10)

A pesquisa deveria ser mais clara. Pelo menos não deveria ser incluído nomes que temos certeza que não disputar os cargos que se estimulam. Por exemplo, Jader pra governador, sabemos que isso não acontecer; Araceli é outro caso.

Fernando Teixeira (21 de outubro, 2013 - 11h13)

O Governo em alguns momento demonstra ter interesse em disputar a reeleição, principalmente quando não consegue tomar decisões fortes para sanar os movimentos grevistas que estão se multiplicando no Estado, assim, seus oponentes crescem nas pesquisas, mas ainda e cedo para uma analise mais profunda, ainda teremos algumas alianças durante esse fim de ano de 2013 e inicio de 2014 que definirão o cenário político em nosso estado.

ALEX T.G (21 de outubro, 2013 - 13h22)

Em time q esta ganhando ñ c mexe , como nós só estamos perdendo com esse governador , é melhor troca-lo , e logo, antes q o time vá pras cucuia ...

Ellen Silva (21 de outubro, 2013 - 13h30)

Achei que até o presente momento os dados são plausíveis, porém em relação aos deputados federais, senti a falta do nome do deputado Arnaldo Jordy. Um parlamentar atuante como ele teria que estar nesta sua lista.

Elmar M. J. Filho. (21 de outubro, 2013 - 17h48)

Vamos ter Governo novo, e no primeiro turno.

Marcos Roberto Carvalho (22 de outubro, 2013 - 02h26)

Vou embora do Pará. Jader e Mario Couto. Prefiro o Piauí. Coitado do Pará

Edir Veiga (22 de outubro, 2013 - 06h24)

Esta foi uma sondagem a partir da construção de diversos cenários. Como pesquisador a mim interessa testar cenários, muitas vezes improváveis, mas que terão peso na decisão do voto, como medir o peso que Jáder pode ter nesta disputa vindoura. As sondagens são muito interessantes: quem aparece bem acredita, quem aparece mal desacredita. Em 2012 teve instituto que deu vitória para o Edmilson em segundo turno, enquanto a IVEIGA deu a vitória de Zê e acertou na mosca. Mas lembrem-se estamos há um ano do pleito. Até junho de 2014 muita "água ainda vai rolar debaixo da ponte". Creio que Dudu sai a federal. E o Psol deve garantir o segundo turno para o governo. Basta que venha a obter entre 5 e 7 % dos votos válidos.

gilmar fernandes (22 de outubro, 2013 - 16h19)

Nós do Carajás vamos votar no Helder Barbalho e vamos ganhar.

luiz carlos lopes (23 de outubro, 2013 - 05h37)

sou morador de ananindeua,esta pesquisa eu creio que é verdadeira e não foi feita com os moradores de ananindeua onde o senhor Helder deixou só o buraco e que agora usa o seu jornal,rádio,televisão para mentir e tentar esconder a sua péssima administração que fez no município.

Flavio Moura (23 de outubro, 2013 - 09h33)

Independente de qualquer ponderação metodológica ou estatística, o cenário pré-eleitoral no Pará já aponta para três fatos importantes e potencialmente decisivos na corrida rumo ao palácio dos despachos: 1- O PMDB e seus aliados estão muito bem nas articulações pelo interior do estado. O que é muito positivo, considerando que a máquina estatal é gerida pelo PSDB; 2- a hegemônia política no estado continuará com a direita, mantendo o domínio das oligarquias sob a égide do pacto conservado. Ao que tudo indica PT, PSOL e PSTU serão meros coadjuvante na disputa. 3- e o mais importante, as eleições continuaram a servir apenas como método de seleção intra-elites, não teremos disputa em torno de projetos de desenvolvimento regional.

monique carvalho (23 de outubro, 2013 - 10h44)

O governo do jatene a tentencia e cair mesmo, pois 4 anos se passaram e nada foi feito agora quer mais 4 pra que? Vamos dar uma chance pra outro quem sabe não lembra de nós moradores do oeste do Pará, porque somos esquecidos e abandonados.

Gilberto Farias Borges (23 de outubro, 2013 - 14h10)

Acho que realmente ta refletindo no momento. jatene,zenaldo,pioneiro,já estão manjado. o povo que um jovem dinamico e atuante, e helder é assim.

Salomão Donato (23 de outubro, 2013 - 14h31)

Caro Edir, Houve um fenômeno nesta sua abordagem, da espontânea para estimulada o candidato Helder pulou de 4,8% para 35.5%. O sr. pode explicar esta subida.

Osmar (24 de outubro, 2013 - 02h01)

Na eleição passada votei no Jatene e hoje, não. Voto em quem for contra o Jatene, mas o Helder é páreo fraco para o cantor.

Jose Bento Junior (25 de outubro, 2013 - 07h32)

A sondagem não surpreende, a polarização que já é uma característica do eleitorado Paraense é a tônica da mesma. Os candidatos Helder e Jatene possivelmente estarão corpo a corpo nas disputas dos votos. A Outra observação e o desempenho da Dilma no Pará que entendo não tão forte mas de fato as poucas divulgações das ações do governo Federal na capital apresentou esse resultado, mesmo pagando as contas das obras do Viaduto do entroncamento , Santa Casa e etc.. o gov Federal não reverbera isso em prestigio.

Edir Veiga (25 de outubro, 2013 - 10h21)

A pesquisa espontânea revela acima de tudo notoriedade dos candidatos. Sem dúvida, Jatene e Jáder, por já terem sido governadores são mais conhecidos da população. Na estimulada, seguramente, no cenário em que aparece Helder, os simpatizantes de Jáder migram para esta possível candidato do PMDB. Daí o crescimento gigantesco de Helder da intenção de voto espontâneo para a intenção estimulada.

Edilberto (26 de outubro, 2013 - 11h42)

Acredito no atual governador, família barbalho jamais!

eleitor (28 de outubro, 2013 - 07h22)

Por qual motivo o Edmilson não figura em qualquer lista de sondagem estimulada para governador?!

gerson wanzeler rodrigues (31 de outubro, 2013 - 06h52)

Levantamento da enque de intenção de voto no ver é satisfatório.

gerson wanzeler rodrigues (31 de outubro, 2013 - 06h52)

Levantamento da enque de intenção de voto no ver é satisfatório.

gerson wanzeler rodrigues (31 de outubro, 2013 - 06h52)

Levantamento da enque de intenção de voto no ver é satisfatório.

Carlão Monteiro (02 de novembro, 2013 - 08h34)

Estranhei a ausência dos nomes de Marinor e/ou Edmilson na pesquisa estimulada para governador, considerando que seus nomes foram citados na pesquisa espontânea, tendo, inclusive, Edmilson obtido no cenário estimulado quase o mesmo percentual que Helder. Além disso, achei um "pecado" na pesquisa, para o governo e senado, a falta do nome do deputado federal Arnaldo Jordy que, sem dúvidas, é figura política muito mais encorpada e conhecida no Estado que por ex. o radialista Jeferson Lima.

Naudo Pantoja (27 de novembro, 2013 - 15h21)

Professor Ponçadilha, o senhor questiona o fato de não ver o nome do Jordy. Entendo e concordo, mas, que tal repensarmos as influencias e formação de um publico (eleitores) que parecem mutarem-se ano pós ano

Este Blog é um espaço de informação sintética sobre fatos políticos Nacional e estadual e sobre a vida da comunidade da UFPA. Quem quiser acompanhar ensaios, artigos, debates políticos e acadêmicos deve acessar aqui.


Este Blog é um espaço de informação sintética sobre fatos políticos Nacional e estadual e sobre a vida da comunidade da UFPA. Quem quiser acompanhar ensaios, artigos, debates políticos e acadêmicos deve acessar aqui.